Graças a preços competitivos, avanços tecnológicos e excelente suporte financeiro e fiscal, a energia solar está no seu ponto mais atraente. A hora de fazer a transição da energia convencional para a energia limpa é agora. Eis o porquê.

 SOLAR: O PRINCIPAL RECURSO DE ENERGIA DOS EUA

Em apenas 18 dias de sol na Terra há a mesma quantidade de energia que existe em todas as reservas de carvão, petróleo e gás natural do planeta – e os EUA são abençoados com um potencial de energia fotovoltaica excepcionalmente alto em comparação a outras nações do hemisfério norte.

Embora os estados ensolarados do sudoeste como Califórnia, Arizona e Nevada tenham o maior potencial de geração de energia solar, a produção pode ser aumentada com mecanismos especializados de rastreamento que permitem que os painéis acompanhem o sol e coletem a luz em um ângulo ideal, o que significa que um sistema instalado tão ao norte, como Portland ou Maine, pode gerar 85% do que seria gerado em Los Angeles.

Em média em todo o país, um metro quadrado coleta aproximadamente o equivalente em energia solar de quase um barril de petróleo por ano. Aproveitando apenas uma pequena proporção disto – cerca de 0,6% da área total do país – poderíamos abastecer o país inteiro com eletricidade atrativa do ponto de vista ambiental e econômico.

 OS CUSTOS DA ENERGIA SOLAR NUNCA ESTIVERAM TÃO BAIXOS

Ao contrário do petróleo, onde observamos os custos de extração aumentarem à medida que se intensifica a exploração dos campos e grande parte do potencial vai se esgotando, o custo da produção de energia solar tornou-se cada vez mais competitivo. Desde 2010, o custo para instalar energia solar fotovoltaica (FV) em escala de serviço público caiu 82%, o que significa que agora o custo para construir uma nova usina solar FV é menor que o custo para manter muitas das usinas elétricas a carvão em operação.

Isso também se traduz em preços de eletricidade mais baixos: uma pesquisa do Departamento de Energia dos Estados Unidos (DOE) mostra que a indústria solar atingiu a meta de custo da energia solar em escala de serviço público para 2020, três anos antes, em 2017, tornando-se competitiva em relação à eletricidade gerada convencionalmente, mesmo sem subsídios.

OS AVANÇOS TECNOLÓGICOS SIGNIFICAM MAIS POR MENOS

Como a energia solar se tornou mais popular, agora há mais especialistas em instalação, mais produtores de componentes e consumidores, bem como custos de material mais baratos, o que significa economia de escala. Além disso, truques inteligentes de engenharia aumentaram a eficiência das usinas solares para próximo de seu máximo teórico. Os painéis bifaciais, que captam os raios solares de ambos os lados, bem como os componentes eletrônicos, que permitem ao painel rastrear o sol à medida que ele se move pelo céu durante o dia, significa que agora é possível capturar quase toda a luz solar disponível.

OS PREÇOS DO PPA SOLAR ESTÃO NO SEU MAIS BAIXO NÍVEL…

Outro fator que tornou a energia solar tão atraente quanto ela está hoje, é o acesso a opções de financiamento e modelos de negócios que a tornam ainda mais acessível. O mais empolgante deles são os contratos de compra de energia (PPA), que são contratos de longo prazo através dos quais uma empresa concorda em comprar eletricidade diretamente de um gerador de energia.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Agência Internacional de Energia Renovável (IRENA), os preços da energia solar fotovoltaica com base em aquisições competitivas poderiam custar em média US$ 0,039/kWh para projetos comissionados em 2021, uma queda de 42% em relação a 2019 e mais de um quinto a menos do que as usinas a carvão.

Nos EUA, os preços dos PPAs estão agora nos seus níveis mais baixos, mas à medida que a demanda começar a superar a oferta, as empresas que agirem rapidamente farão economias à frente de seus concorrentes.

… E AS PRINCIPAIS MARCAS DOS EUA ESTÃO ENTRANDO EM AÇÃO

Como resultado desses preços historicamente baixos, as compras corporativas de energia solar aumentaram nos EUA, que é agora o líder mundial em PPAs corporativos para energia solar, representando mais de 60% do mercado global. Hoje, 220 empresas que operam nos Estados Unidos já estão adquirindo energias renováveis ou planejam fazê-lo.

Embora no passado empresas de tecnologia como Google e Apple tenham liderado a aquisição de energia solar nos EUA, entrar em PPAs não é mais exclusividade de empresas com grandes operações de centros de dados. Hoje, estamos vendo fabricantes, varejistas e até mesmo grandes empresas de petróleo e gás entrando em ação.

Não é apenas a redução de custos que as principais corporações da América estão procurando. Como acionistas e investidores estabelecem metas de descarbonização, demonstrar liderança no desenvolvimento de energia limpa se tornou central para a estratégia corporativa, e investir em grandes instalações fora de seu local através de PPAs, tornou-se uma forma fundamental de demonstrar as credenciais verdes de uma empresa.

AS ENERGIAS RENOVÁVEIS SÃO A SAÍDA PARA A CRISE CLIMÁTICA…

Os sistemas de energia renovável não produzem poluentes atmosféricos ou emissões de gases de efeito estufa, razão pela qual a Associação Americana de Pulmão defende a substituição dos combustíveis fósseis por energias renováveis para abastecer o país. Por exemplo, a eletricidade gerada em instalações solares comerciais no local e fora do local das empresas, só nos EUA, compensa mais de 8,9 milhões de toneladas métricas de emissões de CO2 anualmente, o equivalente a tirar 1,9 milhão de carros das estradas ou plantar 147 milhões de árvores.

E os americanos querem ver mais disso: após inúmeros incêndios florestais, furacões e ondas de calor em 2020 que, segundo os cientistas, são causados diretamente pelas mudanças climáticas, a maioria dos americanos de todos os grupos demográficos diz que são a favor da ação ousada para combater o aquecimento global delineada pelo Presidente Biden, que inclui a transição para energia 100% limpa até 2035.

 … E OS ATIVOS SOLARES TÊM UM BOM DESEMPENHO EM UMA CRISE

Recentemente, vimos como uma enorme e histórica tempestade de inverno afetou a rede elétrica independente do Texas. Dados do Conselho de Confiabilidade Elétrica do Texas (ERCOT) mostram que os apagões foram causados principalmente por uma grande queda na geração térmica, pois as pilhas de carvão congelaram e os reatores nucleares foram desligados. A energia solar, por sua vez, produziu 1.000 MW a mais do que o esperado pelo operador da rede – mesmo sob céus nublados devido às tempestades.

Graças à nova tecnologia, a energia solar também pode ajudar a religar a rede se ela cair. No passado, após um apagão, os operadores da rede eram forçados a ligar primeiro uma fonte de energia convencional, como uma usina de carvão ou gás natural, a fim de definir o ritmo da rede, antes de poderem adicionar outras fontes de energia, como a solar. Novos controles de “formação de rede” em inversores solares, que estão sendo financiados pelo Departamento de Tecnologias de Energia Solar dos EUA (SETO), permitem que inversores solares formem níveis de tensão e frequência como os geradores tradicionais, o que significa confiabilidade e estabilidade, mesmo em uma rede com 100% de energia renovável.

A ESTRUTURA REGULATÓRIA DOS EUA FAVORECE A ENERGIA SOLAR…

Nos EUA, o Crédito Fiscal de Investimento (ITC) permite um crédito fiscal de 26% em sistemas solares. Este importante mecanismo de política federal apoia e incentiva o crescimento da energia solar no país – na verdade, segundo a Associação das Indústrias de Energia Solar, desde que o ITC foi promulgado em 2006, a indústria solar dos EUA cresceu mais de 10.000%.

Mas todas as coisas boas chegam ao fim, e o ITC solar está programado para começar a diminuir gradualmente após 2023, o que significa que os projetos que começam a ser construídos nos próximos dois anos alcançarão uma redução de dólar por dólar melhor do que aqueles programados para começar até 2023 – outra razão para as empresas entrarem na energia solar agora e conseguirem mais economia.

O INTERESSE PELA ENERGIA SOLAR CONTINUA ELEVADO, APESAR DA COVID-19…

Apesar das exigências de implantação no local e de restrições de movimento, a maioria das construções de usinas solares em escala de serviço público foram consideradas essenciais. Como resultado, segundo o SEIA, grandes corporações nos Estados Unidos relataram poucos atrasos em seus projetos e, além disso, não esperam nenhuma mudança em seus objetivos ou cronogramas de energia renovável.

Por sua própria natureza, os locais de projetos de energia renovável se prestam bem ao distanciamento social: até mesmo o menor dos nossos parques solares é medido em centenas de hectares, e na Atlas, nós definimos padrões líderes do setor para manter as pessoas protegidas do Covid-19, garantindo a sustentabilidade de nossos projetos por muitos anos – não importa o que esteja no horizonte.

…E A ENERGIA SOLAR CRIA EMPREGOS MUITO NECESSÁRIOS PARA ALAVANCAR A RECUPERAÇÃO ECONÔMICA

A geração de energia renovável terá um papel transformador na economia pós Covid-19. Como a economia dos EUA parece se recuperar da pandemia, colocar os americanos de volta no mercado de trabalho é uma grande prioridade. No período de cinco anos, entre 2014 e 2019, o emprego em energia solar aumentou 44% nos EUA, cinco vezes mais rápido do que o crescimento do emprego na totalidade da economia dos EUA. O emprego em energia solar também inclui todos os americanos: as mulheres representam 26% da força de trabalho nesse setor, enquanto as pessoas provenientes das minorias da população representam 34%. Além disso, quase um em cada 10 trabalhadores do setor de energia solar são veteranos militares, segundo o último Censo Nacional de Empregos na Energia Solar.

Atualmente, a indústria solar nos EUA fornece empregos bem remunerados para 250.000 americanos e, à medida que o setor se expande graças à rápida diminuição do custo das tecnologias e do aumento de sua popularidade, este número só vai aumentar.

A HORA DE FAZER A TRANSIÇÃO É AGORA

A energia solar não é mais uma fonte de energia cara e futurística. Hoje, a energia solar é mais acessível, melhor e mais confiável do que os combustíveis fósseis tradicionais. A mudança para a energia solar pode criar empregos muito necessários, ajudar a limpar o ar da América e permitir que as empresas atendam às metas de lucratividade, ambientais e de desempenho.A hora de fazer a transição para a energia solar é agora. Na Atlas Renewable Energy, desenvolvemos, construímos e operamos projetos de energia renovável em larga escala como um parceiro confiável para grandes consumidores de energia em vários mercados. Entre em contato conosco para saber mais sobre como sua empresa pode aproveitar tudo que a energia solar tem a oferecer hoje.

This site is registered on wpml.org as a development site. Switch to a production site key to remove this banner.