No ano passado, vimos até que ponto as lutas geopolíticas podem causar instabilidade nos mercados de energia. Considerando que 80% da energia mundial provém de combustíveis fósseis, o setor está em um momento crucial: um momento em que as considerações de sustentabilidade ambiental e energética estão convergindo com as preocupações sobre o acesso à energia e sua viabilidade econômica. 

Há muito tempo, a segurança energética tem sido um problema para os mercados emergentes. Agora, é um problema para todos. Empresas de todo o mundo estão sendo forçadas a considerar novos sistemas de energia, e é o momento certo para os investidores prestarem atenção nas energias renováveis como uma opção confiável na busca de estabilidade e crescimento.

O custo da instabilidade

Enquanto a Europa está prestes a ver sua demanda de energia superar a oferta em 21% até o final de 2023, espera-se que as empresas americanas paguem mais de US$41 bilhões a mais pelos custos de energia.

A escassez de fornecimento de energia resulta em um aumento de custos para todos. Além disso, empresas que estão gastando demais com energia aumentarão seus preços para repassar esses custos adicionais aos consumidores. No final, a população é quem arca com grande parte do ônus quando o custo de todos os produtos aumenta, desde alimentos até produtos eletrônicos – e o aumento da inflação alimenta ainda mais os temores de recessão. 

Além desse impacto imediato, há uma segunda rodada de efeitos relacionada à produção de produtos com uso intensivo de energia. Para gerenciar a rentabilidade desses produtos, os níveis de produção podem diminuir, gerando escassez ou interrupções na cadeia de suprimentos. 

O aumento dos preços do petróleo e do gás afeta tudo, desde os gastos do consumidor e o crescimento do emprego até os investimentos empresariais e a alocação de recursos.

Sustentabilidade além do meio ambiente

Em vez de esperar que os preços do petróleo e do gás caiam, chegou a hora de imaginar uma nova dinâmica do mercado de energia e acelerar a transição para energias limpas. 

A implementação de energias renováveis para alimentar diferentes processos de produção pode ajudar os países na redução dos custos de energia e, ao mesmo tempo, combater as mudanças climáticas, além de criar resiliência. 

De fato, se a segurança energética é a construção de um acesso duradouro e acessível a fontes de energia, as atuais realidades geopolíticas e do mercado de energia estão exigindo que nos afastemos de fornecedores não confiáveis. 

O objetivo final é que a segurança energética seja sustentável – em todos os sentidos. A sustentabilidade não deve mais ser associada ao sacrifício dos lucros, pois a recompensa final é criar resiliência contra a volatilidade. Além da necessidade urgente de cuidar do meio ambiente, também é importante reconhecer que as estratégias energéticas são mais benéficas quando adotam uma abordagem diversificada.

Do ponto de vista econômico, a dependência de uma única fonte de combustível não é uma solução de longo prazo e isenta de riscos.

“Os governos devem impulsionar o investimento em fontes de energia renováveis que são cada vez mais competitivas, afastando-se de uma vez por todas do atual modelo econômico obsoleto, insustentável e intensivo em carbono.”
Lord Nicholas Stern, co-presidente da Comissão Global sobre Economia e Clima (fonte)

Como ser proativo ao garantir Contratos de Compra de Energia (PPAs)

Uma forma de mitigar a incerteza dos preços da energia é garantir um contrato de compra de energia  (PPA) renovável. Como os fornecedores podem aumentar suas tarifas a qualquer momento, a compra de energia fora de um contrato de tarifa fixa deixa as empresas vulneráveis às flutuações de preços. Os PPAs oferecem o benefício de adquirir energia com tarifas contratualmente estáveis, que funcionam como uma rede de segurança contra a inflação.

No entanto, a força dos PPAs também está em sua capacidade de oferecer portfólios de energia diversificados, de modo a atender às necessidades de cada cliente de acordo com seus padrões específicos de uso de energia.

Como já discutimos anteriormente, os PPAs podem ser adaptados a necessidades específicas. Afastar-se de uma mentalidade de “um tamanho para todos” em relação à aquisição de energia permite que as empresas tomem decisões estratégicas baseadas em dados, sendo esta uma forma de tornar a energia um custo mais fixo e controlável.

Os PPAs são amplamente aceitos nos mercados dos EUA, Europa e Escandinávia. Recentemente, houve uma tendência crescente na América Latina, com o apoio de parceiros corporativos, comprometendo-se com PPAs de longo prazo.
Embora os PPAs privados tenham sido originalmente criados por centros de dados que precisavam de grandes quantidades de energia e recursos para operar, os PPAs não estão mais limitados a um determinado tipo de negócio ou área geográfica. De fato, agora é comum que empresas de diversos setores estejam conscientes de suas fontes de energia, custos e pegada de carbono. Grandes indústrias, bancos, varejistas, cadeias de restaurantes e empresas de telecomunicações já divulgaram amplamente os detalhes de seus PPAs.
Leia mais aqui

Esforço coletivo, soluções globais

Em um primeiro momento, o afastamento das fontes de energia convencionais pode gerar hesitação. Afinal de contas, a maior parte da infraestrutura de energia do mundo é movida a gás, petróleo e carvão, e as tecnologias de energia renovável ainda estão em desenvolvimento. No entanto, na situação atual, as energias renováveis já são as mais viáveis economicamente. Mais do que o petróleo, o gás e o carvão, e mais do que a energia nuclear.

O nível de investimento necessário para criar um acesso mais forte às energias renováveis exige uma colaboração dedicada entre as empresas e as nações. A colaboração entre os setores público e privado será necessária, pois é a única maneira de garantir a inovação e o crescimento na escala e velocidade necessárias para atingir as metas globais de sustentabilidade.

Sem mencionar que as tecnologias aprimoradas também levam à redução de custos e nos permitem dar um passo adiante no desenvolvimento de projetos maiores e de grande escala que funcionam além das fronteiras, nos aproximando da criação de um cenário energético seguro.

Como o modelo de sustentabilidade da Atlas oferece retornos crescentes

De acordo com uma pesquisa realizada pela Accenture, “as empresas de energia que alcançam melhor desempenho financeiro parecem ser aquelas que dão mais atenção às métricas ambientais, sociais e de governança (ESG). Embora seja muito cedo para atribuir causalidade, parece estar surgindo uma correlação entre o desempenho de ESG e melhores preços de ações, menor custo de capital e maiores retornos para os acionistas”.

Nosso compromisso com a sustentabilidade ambiental não pode ser visto como algo separado de nosso compromisso com o desenvolvimento social. É claro que, a linha de base tripla pela qual operamos coloca o lucro ao lado das pessoas e do planeta. No entanto, é somente considerando as métricas de ESG como um todo que podemos medir o verdadeiro aumento nos retornos, e nós, na Atlas, acreditamos que é possível criar um modelo de negócios que gere lucro e, ao mesmo tempo, seja uma força para o bem.

Quando investimos nas pessoas, sabemos que estamos criando uma base estável que sustentará nossa visão de longo prazo e nossas operações diárias. Os benefícios intangíveis da criação de credibilidade não podem ser negligenciados. E nenhuma outra forma de energia, a não ser a renovável, pode contar com um nível de credibilidade entre os consumidores que, em todo o mundo, estão cada vez mais interessados em fontes de energia sustentáveis.

O caminho para a estabilidade

Embora a resposta atual à crise tenha se concentrado em soluções de curto prazo, que incluem o aumento da produção de petróleo e gás para enfrentar a escassez de combustível, acreditamos que é imperativo começar a pensar em estratégias de longo prazo.

A Atlas está sempre disposta a apoiar empresas que estejam prontas para avançar em direção a novos processos de energia, focados na diversificação como forma de promover a sustentabilidade e a segurança.

Em parceria com a Castleberry Media, estamos comprometidos em cuidar do nosso planeta, portanto, este conteúdo é responsável com o meio ambiente.

This site is registered on wpml.org as a development site. Switch to a production site key to remove this banner.