Muitas empresas que procuram fazer a transição para a energia renovável para ajudar a reduzir sua pegada de carbono e cumprir as metas de sustentabilidade, estão navegando pela primeira vez nas complexidades dos contratos de compra de energia renovável (PPAs). Embora cada projeto e cliente seja diferente, existem temas comuns que afetam a forma como um acordo é desenvolvido e executado. Neste artigo, explicamos o que considerar antes de ir em frente.

Conheça sua contraparte

À medida que as empresas em todo o mundo estabelecem metas de reduções de emissões e a neutralidade em carbono, os PPAs bilaterais com um produtor de energia renovável significam que esses objetivos podem ser alcançados de forma transparente e rastreável. Encontrar o parceiro certo para desenvolver uma solução ágil, de baixo custo e sem cuidados pode dar à sua empresa uma vantagem competitiva, permitindo que você demonstre credenciais verdes reais enquanto gerencia custos e obtém segurança energética.

Mas nem todas as energias renováveis são criadas de forma igual. Com os consumidores e acionistas agora analisando mais de perto as credenciais verdes das empresas, vale a pena investigar as alegações que você será capaz de fazer – seja demonstrando que sua fonte de energia renovável substituiu uma fonte tradicional, ou provando que sua energia vem de um produtor com uma sólida relação comunitária e uma estratégia de programa social, ou que sua fonte de geração de energia tem certificado verde de origem.

Também é importante levar em conta o tipo de parceria que você está procurando. Um PPA é um compromisso de vários anos, e nem todos os desenvolvedores estão nele a longo prazo. Para muitas empresas, construir um relacionamento de longo prazo com seu fornecedor de energia faz parte de sua estratégia mais ampla. Dentro do mercado de PPA, existem dois grandes tipos de desenvolvedores: aqueles que são os detentores de longo prazo do ativo, e aqueles que vendem o ativo assim que ele entra em operação comercial. Identificar os objetivos do desenvolvedor desde o início é essencial para alcançar o alinhamento a longo prazo.

Outro fator a ser considerado é o desempenho do desenvolvedor dentro do seu mercado. O cenário regulatório, de investimento e institucional para o setor energético varia enormemente de país para país. Sendo assim, é uma boa ideia encontrar um parceiro com experiência comprovada na estruturação de um PPA corporativo dentro de sua jurisdição, para garantir que eles possam cumprir seus compromissos futuros com você.

Agrupados ou desagregados

Este ano, os preços da eletricidade atingiram recordes históricos em muitos países, tornando os PPAs – que fornecem segurança de longo prazo em seus custos de eletricidade – uma opção ainda mais atraente. Embora agora seja um momento chave para pensar em como um PPA pode protegê-lo contra a incerteza dos preços da energia, fechando acordos de fornecimento e preços de longo prazo com fornecedores, é importante ter em mente os outros benefícios que os PPAs podem trazer.

Os PPAs podem ser realizados apenas para energia e somente para os atributos verdes da energia – geralmente representados por instrumentos como certificados de energia renovável (RECs) – ou para ambos juntos, em um pacote. A compra somente da eletricidade fornecerá uma proteção de médio e longo prazo contra a volatilidade dos preços da eletricidade, enquanto um PPA agrupado dará os benefícios adicionais de poder reivindicar os benefícios ambientais da produção de energia renovável, a fim de reduzir as emissões do Escopo 2 da eletricidade comprada.

Fique de olho nos riscos cambiais:

Para os tesoureiros corporativos, particularmente para aqueles que lidam com as finanças de empresas multinacionais, a implementação de estratégias eficazes de gerenciamento de risco para mitigar o impacto das exposições cambiais é uma preocupação permanente. À medida que a inflação aquece, os analistas estão prevendo uma maior volatilidade cambial à frente. Para os grandes usuários de energia, para os quais os custos de eletricidade podem levar a uma maior saída de caixa, reduzir o risco cambial das compras de energia pode proporcionar maior segurança e proteção.

Uma maneira de conseguir isso é através de PPAs denominados em moeda forte. Parte de uma tendência relativamente incipiente, particularmente em mercados emergentes, eles não estão disponíveis em todos os lugares, porém na Atlas, temos as habilidades e experiência para estruturar PPAs renováveis de maneiras criativas e vantajosas.

Um exemplo é o PPA entre a Atlas Renewable Energy e a mineradora global Anglo American. Finalizado em março de 2020, é o maior contrato de compra e venda de energia solar do Brasil, com valor de US$ 183 milhões. O acordo, denominado em dólares americanos, permitiu o fornecimento de cerca de 9TWh durante os 15 anos de vida do contrato da planta PV Lar do Sol – Casablanca I, localizada no Estado de Minas Gerais. 

Olhe para o seu futuro perfil de demanda de eletricidade:

Estamos no meio de uma transição energética que continua a evoluir. De acordo com a Perspectiva Global de Energia 2022 da McKinsey, o consumo de energia deve triplicar até 2050 em meio ao aumento da eletrificação, enquanto no nível corporativo, um relatório recente da KPMG constatou que dois terços das organizações globais aceleraram sua estratégia de transformação digital, trazendo serviços de TIC online, famintos de energia, para redes de servidores, armazenamento e aplicativos.

Como resultado, dependendo de onde você estiver em sua jornada de digitalização interna, vale a pena fazer um balanço de seus próprios perfis de demanda de eletricidade e como eles podem mudar no decorrer do prazo de um contrato PPA. E não é só o consumo de energia que precisa ser levado em conta. O mapeamento do perfil geral de carga, incluindo a forma e a distribuição de tempo, é crucial para obter o PPA mais apropriado para sua empresa.

Não entre nisso sozinho.

A criação de um PPA pode ser complexa e demorada, e envolve muitas funções diferentes, desde o C-suite até operações, finanças, compras e até marketing. É importante identificar os principais riscos que você quer gerenciar, e os benefícios que você está procurando alcançar.

A Atlas Renewable Energy desenvolveu modelos inovadores que facilitam o engajamento das empresas em PPAs, mas queremos que nossos compradores de energia corporativa tomem decisões informadas. É por isso que aconselhamos você a alocar tempo e recursos – ou nomear consultores externos – para garantir que sua estratégia de aquisição de energia renovável seja um sucesso.

Nossa equipe tem quase duas décadas de experiência na estruturação de PPAs corporativos, do conceito à operação. Não importa o setor, podemos estruturar uma solução para atender às necessidades específicas de cada empresa. 

Em parceria com a Castleberry Media, temos o compromisso de cuidar do nosso planeta, por isso, esse conteúdo é respon sável com o meio ambiente.

This site is registered on wpml.org as a development site. Switch to a production site key to remove this banner.