Criar um desenvolvimento bem-sucedido de energia solar não se trata simplesmente de produzir energia a partir do sol. É um equilíbrio cuidadoso para garantir o custo mais optimizado de energia (LCOE) ao longo da vida do projeto, a melhor proposta de valor e as condições ideais de financiamento. E para obter esse equilíbrio correto, é necessário que os produtores de energia solar estejam na vanguarda da inovação, em todos os aspectos.

 Como a indústria continua a pressionar novos limites a cada ano, há quatro maneiras de abordar a inovação no espaço da energia solar. A inovação contínua em cada área é a única maneira dos fornecedores de energia solar garantirem o fornecimento do que, tanto os investidores como as empresas, precisam.

 INOVAÇÃO TECNOLÓGICA

 O primeiro, e provavelmente o mais óbvio aspecto da inovação em energia solar, é a tecnologia. Um dos desenvolvimentos mais interessantes dos últimos anos, tem sido a rápida adoção pelo mercado de módulos solares bifaciais, que produzem energia solar eficiente de ambos os lados. Mas, ao escolher qual módulo é a melhor opção, não acreditamos que seja suficiente que os fornecedores de energia solar simplesmente adicionem a tecnologia mais recente e esperem o melhor. Não há dúvida de que os módulos bifaciais podem aumentar a produção de energia, mas prever com precisão o aumento da produção para um projeto de sistema que cubra os custos adicionais, significa internalizar a pesquisa e o desenvolvimento, em vez de simplesmente confiar nas estimativas do fornecedor ou de terceiros.

Na Atlas, sabemos por longa experiência que o comportamento no mundo real frequentemente introduz uma série de novas variáveis a serem levadas em conta. Portanto, antes de introduzir módulos bifaciais, montamos nosso próprio laboratório em uma fábrica em escala de utilização e testamos diferentes tecnologias durante um ano. Isto nos deu confiança em nossos módulos e na quantidade real de energia que eles podem produzir em um determinado cenário. O mesmo vale para os rastreadores e inversores. Testando a tecnologia, podemos calcular melhor como conseguir melhorias de eficiência em múltiplas variáveis – o que não conseguiríamos fazer se dependêssemos apenas dos valores de base disponíveis no mercado, especialmente para novas tecnologias que ainda não são comuns.

 TRANSFORMAÇÃO DIGITAL

O mundo do big data está sobre nós. No ambito da energia solar, temos visto enormes avanços sobre como a tecnologia digital pode impulsionar melhorias, desde a utilização de drones para inspeções de ativos, até aprendizagem de máquinas para monitoramento de plantas operacionais e mapeamento usando dados de satélite.

Como vimos em outras indústrias, ser capaz de aproveitar todo o potencial que a digitalização pode oferecer, cria uma enorme vantagem competitiva e a Atlas fez da inovação nesta área uma prioridade chave.

Um exemplo disso pode ser encontrado em nossa Planta Solar de Juazeiro, no Brasil. Grandes projetos de energia renovável normalmente envolvem a adição de uma subestação, o que requer tanto áreas amplas, quanto tempo de construção. Ao instalar a primeira subestação digital da região, quebramos fronteiras tecnológicas, além de aumentar a produtividade, a segurança e a confiabilidade. Comparada a uma subestação convencional, nossa subestação digital requer substancialmente menos espaço, reduz a quantidade de fios de cobre necessários e facilita a operação mais eficiente das redes de serviços públicos, incluindo monitoramento, diagnóstico e controle.

 INOVAÇÃO OPERACIONAL

 O custo da energia solar tem diminuído consistentemente com o tempo, já que uma tecnologia mais nova e melhor torna a produção de energia menos cara. No entanto, obter o melhor dessa tecnologia para melhorar a confiabilidade – que no final das contas é o que todos procuram – significa que os produtores solares devem procurar melhorar constantemente sua proposta de valor.

Somente ser capaz de oferecer eletricidade enquanto o sol brilha, não atenderá a todas as necessidades dos clientes, portanto, um parceiro forte reunirá uma gama de soluções, desde baterias ou outra tecnologia de armazenamento, até redes inteligentes que permitam economia de energia, ou mesmo que permitam que os clientes se desconectem da rede como e quando for necessário.

Ao utilizar ferramentas operacionais, desde sensores até inteligência artificial, a Atlas busca continuamente melhorias marginais, mitigando riscos para seus clientes e repassando economias e melhorias na disponibilidade.

Nosso objetivo final é levar energia solar a nossos clientes da melhor e mais eficiente maneira possível, o que significa focar todos os dias em melhores maneiras de fazer as coisas, desde nossos sistemas operacionais até nossos métodos de construção de plantas.

 INOVAÇÃO FINANCEIRA E CONTRATUAL

A inovação física na produção e fornecimento de energia solar é uma coisa, mas acreditamos que um parceiro verdadeiramente inovador precisa ir ainda mais longe.

A estratégia de financiamento de um produtor de energia solar é um fator importante para moldar a forma como ele pode conduzir seus negócios e que restrições ele tem em termos do que ele pode fornecer. A maioria dos projetos solares utiliza o financiamento tradicional de projetos, o que sobrecarrega o ativo em favor dos financiadores em uma ligação de um para um. Embora isto funcione perfeitamente na maioria dos casos, significa também que há pouca flexibilidade, o que significa que não é viável combinar diferentes usinas e diferentes off-takers com diferentes contratos de compra de energia (PPAs), ou ter a opção de adicionar parcelas de dívida e projetos adicionais.

Os produtores solares que conseguem pensar fora da caixa em relação ao financiamento, podem reduzir ainda mais os custos, mitigar riscos e repassar estes ganhos de eficiência a seus clientes.

 Na Atlas, buscamos continuamente maneiras de estruturar nossos contratos de PPA de forma mais flexível e, ao mesmo tempo, cumprimos com nossos parâmetros de risco. Trabalhando em melhores e mais sofisticadas práticas de mitigação de riscos, podemos nos aproximar ainda mais de nossos clientes, criando contratos que melhor se adaptem às suas necessidades, ao mesmo tempo em que garantimos um PPA sólido e financiável.

POR QUE TER UM PARCEIRO INOVADOR É IMPORTANTE?

A inovação se tornou uma necessidade competitiva para empresas em todo o mundo. Pesquisas recentes realizadas pela PwC mostraram que, nos últimos três anos, as empresas que inovam cresceram 16% mais rápido do que as que não o fazem, e essa lacuna tende a aumentar.

No âmbito da energia solar, com duração contratual de até 25 anos, a escolha de um parceiro sólido, rentável e em crescimento, é fundamental para um projeto de sucesso. As empresas mais confiáveis neste setor são as que estão em constante evolução, pois são as únicas que podem transmitir a confiança de que alcançarão os objetivos estabelecidos em um PPA solar.

COMPILAÇÃO DE FONTES

https://www.energyglobal.com/solar/22082019/atlas-renewable-energy-announces-new-solar-plant-in-brazil/
https://www.pwc.es/es/publicaciones/gestion-empresarial/assets/breakthrough-innovation-growth.pdf

This site is registered on wpml.org as a development site. Switch to a production site key to remove this banner.